WhatsApp vai liberar opção para usuário ser inserido em grupos apenas com autorização
Versão beta do aplicativo já oferece o recurso de privacidade, que em breve chegará a todos os usuários do serviço.
30 de outubro de 2019
(Foto: Dado Ruvic/Reuters)

Um dos recursos mais populares do WhatsApp — e também um dos mais controversos — recebeu um incremento no gerenciamento de privacidade. Até então não era possível impedir que administradores de grupos adicionassem livremente outros usuários aos grupos.

Para evitar ser incomodado com adições indesejadas, o aplicativo agora disponibiliza um filtro em que o usuário pode configurar quem poderá adicioná-lo aos grupos. São três opções:

Todos: Essa opção equivale ao modelo atual, que permite que qualquer administrador de grupo inclua novos membros no grupo sem que eles tenham solicitado o convite;
Meus contatos: Essa opção requer que o administrador esteja na lista de contatos de quem será adicionado ao grupo;
Meus contatos, exceto: Essa opção limita as opções aos contatos e ainda permite a criação de uma lista de pessoas impedidos de adicionar membros sem o consentimento do contato;

Na lista de contatos impedidos, é preciso incluir um a um. Nesse caso, os contatos selecionados não são impedidos de enviar mensagens individuais, essa restrição só impede a adição em grupos.

Os leitores que não participam do programa de testadores, em breve, também receberão uma atualização contendo essa opção.

Veja também  PM prende casal em flagrante por tráfico de Drogas em Embu das Artes
Crédito: G1
O número de pessoas com depressão aumentou no Brasil. Segundo o relatório divulgado pela Organização
Nesse ano, a Secretaria de Esportes e Lazer de Embu das Artes apresentará o espetáculo
Na noite da última segunda-feira (18), um ponto de ônibus foi incendiado na região do