AD Embu das Artes deixa vitória escapar e Vila Nova-ES arranca empate no fim
Jogo terminou em 2 a 2
(Foto: Aline Cyrillo)

A Associação Desportiva Embu das Artes e o Vila Nova, do Espírito Santo, se enfrentaram na tarde desta quarta-feira, dia 16, no Estádio Hermínio Espósito, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A-2. O jogo terminou empatado em 2 a 2.

O time embuense começou atrás do marcador. A meia e capitã Larissa abriu o placar para o time visitante aos 25 minutos do primeiro tempo. Em seguida, ainda no primeiro tempo, Laiane aproveitou a cobrança de escanteio feita pela Tcheury e cabeciou para o gol, deixando tudo igual aos 36 minutos de jogo. O primeiro tempo terminou em 1 a 1.

A equipe do Embu das Artes voltou melhor que o adversário no segundo tempo. Em cobrança curta de escanteio, a Pequena passou para a Tcheury, que recebeu na ponta esquerda e finalizou por cima da goleira Adelaine, colocando o Embu na frente por 2 a 1. Após a virada, o time embuense sofreu o gol de empate aos 44 minutos da segunda etapa. A camisa 7, Thuany, recebeu lançamento da Camila, driblou a goleira Maria Gabriela e empurrou para as redes, decretando o empate no Hermínio Espósito.

Com o empate, o Embu conseguiu somar seu primeiro ponto na competição nacional, mas ainda é o lanterninha do Grupo 14. Já a equipe do Vila Nova continua na terceira posição, agora com 7 pontos.

O próximo jogo do Embu das Artes pelo Brasileiro A-2 será contra o Duque de Caxias-RJ, no dia 23 de maio, às 15, no Estádio Romário Faria, no Rio de Janeiro. Já o Vila Nova recebe a Associação Atlética Napoli-SC, também no dia 23, às 20h, no Estádio Kleber Andrade, Cariacica, no Espírito Santo.

Paulista Feminino

A próxima missão da Associação Desportiva Embu das Artes será neste próximo sábado, dia 19, onde visita o Grêmio Osasco Audax, no Estádio José Liberatti, em Osasco. O Jogo terá início às 15h.

Veja também  Simpósio brasileiro sobre tratamento natural de água e esgoto começa amanhã

A atacante da Associação Desportiva Embu das Artes, Tcheury, autora do segundo gol, falou sobre o desempenho da equipe que acabou levando o empate no fim do jogo.

“A gente começou bem, com a intensidade alta, mas infelizmente por um erro nosso acabou decidindo o resultado final.Esperamos que a bandeirinha fosse dar o impedimento, mas realmente a jogadora não estava impedida saiu de trás e e acabou fazendo gol. Pelo menos não saímos com a derrota, mas o nosso foco mesmo é ir atrás da vitória, esses resultados negativos vem chateando todo o grupo.

O gol marcado pela camisa 11 do time embuense acabou surpreendendo a goleira adversária. Ela afirmou que a jogada do gol foi toda ensaiada durante os treinamentos.”É a jogada do ‘meião’. Eu jogo na Pequena, ai o Fernando (treinador) fala para eu chutar direto pro gol, para a bola resgualar e entrar, mas ela foi direto pro gol”, declarou Tcheury.

A autora do primeiro gol do Embu das Artes, Laiane, que é artilheira da equipe com 4 gols, sendo que três deles saíram de cabeça, disse que não se importa com artilharia e busca jogar em prol da coletividade da equipe. “Meu time ganhando é o que importa. Estou treinando e batalhando para isso, claro que chegar na artilharia é bom, mas quero mesmo é vencer”, disse Laiane.

Uma das destaques do time do Embu das Artes, a atacante Amanda reconhece que a equipe sente o gol adversário e que isso atrapalha no decorrer da partida.”A gente sempre tem força para reagir, mas deveríamos ter essa força antes de levar os gols. Também pecamos nas finalizações e infelizmente sofremos o gol de empate”, ressaltou a camisa 9 do Embu.

Veja também  Homem que sequestrou taxista de Cotia é preso pela GCM em Embu das Artes

4º Rodada – Campeonato Brasileiro Feminino A-2

AD Embu das Artes 2 X 2 Vila Nova-ES
Local: Estádio Municipal Hermínio Espósito

Ficha Técnica

AD Embu Artes: 1 – Maria Gabriela; 3 – Mayara; 4 – Guaciara, 2; – Dayelle; 5 – Aline Pompom; 6- Pequena; 7- Nini (16- Larissa Reis); 8 – Laiane (14-Brenda); 9 – Amanda; 10 – Mel (25- Alane) , 11 – Tcheury.

Técnico: Fernando Rodrigues da Rocha

Vila Nova-ES: 1- Adelaine; 15 – Camila; 19 – Estela; 3-Sabrina (6-Andreia, 2 – Edna); 21 – Cármen; 7-Thuany; 5 – Monique; 8 – Luana; 16- Larissa; 10- Gabi, 22- Thaís (Naná).

Técnico: Luciano Tadino

Comissão de Arbitragem:
Arbitro: Adeli Mara Monteiro (CBF / SP)
Arbitro Assistente 1: Patricia Carla de Oliveira (CD / SP)
Arbitro Assistente 2: Renata Ruel X. de Brito (CBF / SP)
Quarto Arbitro: Salim Fende Chavez (AB / SP)
Analista de Campo: Luiz Vanderlei Martinucho (CBF / SP)

Crédito: Rodrigo Lopes
Após ter dado o pontapé inicial na preparação para a Copa Paulista a ser disputada
E a “lei do ex” entrou em ação rapidamente: Lucas Lima, que veio do clube
A partida entre Brasil e Bélgica pela Copa do Mundo, que começa às 15h desta