Vereadores homenageiam mulheres de Taboão com medalha Laurita Ortega Mari
Mulheres taboanenses foram homenageadas
(Foto: Assessoria de imprensa da CMTS - Leandro Barrera)

Os vereadores de Taboão da Serra entregaram no sábado, 24, a medalha Laurita Ortega Mari, encerrando a programação do mês da mulher na cidade. A medalha leva o nome da primeira mulher eleita prefeita de Taboão. Ao todo, 26 mulheres foram agraciadas com a medalha Laurita Ortega Mari. Cada um dos 13 vereadores apresentou duas indicações, que foram aprovadas por unanimidade pelos demais.

“A entrega da medalha é um momento importante para as mulheres de Taboão da Serra. É um reconhecimento a luta delas e ao trabalho que realizam. A dona Laurita foi a primeira mulher prefeita de São Paulo e a segunda do Brasil. A história dela incentiva as mulheres a participar da vida pública”, afirmou a presidente da Câmara, Joice Silva.

Este ano, a Câmara inovou durante o mês da mulher, com a realização de um Fórum marcado pela expressiva participação popular, que apontou um novo momento para as políticas públicas voltadas às mulheres de Taboão, passando pela destinação de recursos, criação do Conselho da Mulher, entre outras ações.

A Câmara de Taboão da Serra tem quatro vereadoras eleitas. É a que mais conta com a participação de mulheres em toda região. Além disso, está sendo presidida pela primeira mulher nos 59 anos de história da cidade.

Na entrega das medalhas ficou evidente a importância de cada uma das agraciadas. Desde a médica que salva vidas, passando pelas diretoras de escolas, serviços e entidades, até as lideranças comunitárias que fazem na ponta, nos bairros carentes o papel essencial de ajudar a população.

Num discurso em que fez questão de citar e destacar cada uma das agraciadas, o prefeito Fernando Fernandes resumiu a mobilização permanente das mulheres. Disse que as mulheres tem lutado muito e conseguido vitórias importantes com essa luta que vem empreendendo. Para ele, em Taboão da Serra é nítido a força da mulher.

Veja também  Câmara Municipal aprova voto de louvor pelos 27 anos da GCM de Taboão da Serra

A medalha Laurita Ortega Mari foi criada após sugestão da enfermeira Selma Fátima, falecida em 19 de fevereiro de 2016. A primeira edição da medalha foi conduzida pela então vereadora Fausta Leite, as quatro edições seguintes foram organizadas pela vereadora Érica Franquini. Em 2017 a presidente da Câmara, Joice Silva, tornou a homenagem oficial.

Crédito: Assessoria de Imprensa
Na 22º Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Embu das Artes, realizada na manhã desta
Com o fim do recesso parlamentar nesta terça-feira, dia 31 de julho, todas as câmaras
Na última terça-feira, dia 5, foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Taboão da