Vereador Doda Pinheiro é expulso do PT
Aproximação de Doda Pinheiro com o prefeito Ney Santos incomodou membros e afiliados
(Foto: Assessoria de Imprensa)

O Partido dos Trabalhadores (PT) de Embu das Artes comunicou a expulsão do Vereador Doda Pinheiro de sua afiliação política. A decisão foi acatada em votação unânime pelo Diretório Municipal do partido, em reunião deliberativa realizada nessa quinta-feira, dia 1º de fevereiro. Segundo o parecer da Comissão de Ética, Doda Pinheiro foi expulso por “infidelidade partidária”.

O PT de Embu das Artes alegou que o processo se iniciou após denúncia feita por um filiado que questionou a posição serviçal do vereador em relação ao Governo Ney Santos. Na visão do partido, o ponto crucial para Doda Pinheiro foi pela posição favorável a cobrança da Taxa do Lixo e outros projetos Pró Ney, contrariando decisões internas do PT. “O vereador vinha se colocando como base do governo, que notoriamente está punindo a população com taxas abusivas e retirada dos direitos dos trabalhadores da educação”, informou a nota.

O partido ainda enfatizou que “não vai acatar em momento algum que um membro, seja lá quem for, tenha atitudes contrárias a essa decisão”.

O vereador sempre foi nome forte dentro do partido, se elegendo em todas as eleições municipais em que concorreu para o legislativo municipal.

Dentre os líderes que compõem o Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Embu das Artes, presidido por Gabino Silva, estão os vereadores Edvânio Mendes, Rosangela Santos e o ex-vereador João Leite.

Veja também  AD Embu das Artes enfrenta o Santos FC com transmissão ao vivo do Primeiro Notícias
Crédito: Rodrigo Lopes
O time de várzea Fut de Quinta realizará, com o apoio do vereador Dr. Eduardo
O debate foi quente durante a 13º sessão ordinária da Câmara Municipal de Embu das
Um motociclista sofreu acidente na Avenida Vereador Jorge de Souza, em frente ao Fórum da