TCE aprova contas de Eduardo Nóbrega e Cido na presidência da Câmara de Taboão
As contas aprovadas do vereador Eduardo Nóbrega correspondem ao ano de 2014, já as de Cido durante o exercício em 2015
(Foto: Thiago Walter)

As contas dos ex-presidentes da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereadores Eduardo Nóbrega e José Aparecido Alves (Cido), foram aprovadas na mesma data, nessa terça-feira, dia 6, pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado). A decisão foi bastante comemorada pelos vereadores e seus pares na Casa de Leis taboanense durante a primeira sessão ordinária do ano. Vitória de ambos é vista com bons olhos já que são prováveis candidatos a prefeitura de Taboão da Serra nas eleições de 2020.

As contas aprovadas do vereador Eduardo Nóbrega correspondem ao ano de 2014, já as de Cido durante o exercício em 2015.

O vereador Cido fez seu primeiro pronunciamento na sessão e destacou sua passagem na presidência da Câmara como “gestão transparente e correta”. Segundo o vereador, a devolução de 800 mil reais a prefeitura assinada por ele mesmo enquanto presidia a Casa de Leis contribuiu para sua aprovação.

Cabe ressaltar que as contas prestadas por Cido durante sua presidência em 2016 ainda não foram aprovadas, mas ao que tudo indica, poderá ser mais uma boa notícia para o vereador que está otimista.

Já o vereador Eduardo Nóbrega recebeu o resultado positivo com mais tranquilidade, já que na última avaliação do TCE suas contas de 2013 foram rejeitadas. O TCE admitiu que houve erro e voltou atrás, aprovando as mesmas naquela ocasião.

Com exceção dos ex-presidentes José Macário, Eduardo Nóbrega e Cido, todos os anteriores tiveram suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado.

Veja também  Régis Bittencourt prepara operação especial para o feriado de 7 de setembro
Crédito: Rodrigo Lopes
Na 22º Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Embu das Artes, realizada na manhã desta
Com o fim do recesso parlamentar nesta terça-feira, dia 31 de julho, todas as câmaras
Na última terça-feira, dia 5, foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Taboão da