Taboão da Serra leva a melhor nos pênaltis e se sagra tricampeão no futsal feminino
Equipe empatou por 3 a 3 no tempo normal com São Bernardo, mas levou a melhor na decisão por pênaltis
(Foto: Divulgação)

Com toneladas de emoção e apreensão, a final do futsal feminino dos Jogos Regionais de Santo André foi de tirar o fôlego. Nesta segunda-feira (9), no ginásio Noêmia Assumpção, o bom público presente assistiu a decisão entre Taboão da Serra e São Bernardo. No tempo normal, empate por 3 a 3, mas na decisão por pênaltis, a equipe taboanense foi mais eficiente e garantiu o título, o terceiro na competição regional.

Com um time mais forte, Taboão tomou a frente do jogo e controlou os primeiros momentos, até Lorrana acertou chute no canto e abrir o placar. Aos poucos, São Bernardo começou a sair para o jogo e achou o empate em gol de letra, marcado por Larisse. O clima quente trazia junto algumas faltas mais fortes e discussões ríspidas. Não demorou muito para Su Reis achar o caminho e colocar novamente o time taboanense a frente. Porém, em cobrança de falta, Adriana deixou novamente tudo igual. Quando o primeiro tempo se aproximava do fim, Lorrana novamente bateu firme e desempatou.

Se uma chuva de gols tomou conta da etapa inicial, o segundo tempo foi de menos ataque e mais defesa. Taboão controlava as ações e esperava São Bernardo. Por sua vez, a equipe do ABC só utilizou o goleiro-linha nos três minutos finais e faltando apenas um para o término da partida achou o gol de empate. Após boa troca de passes, a goleira Regiane apareceu na área para completar de cabeça e igualar: 3 a 3.

A decisão ficou para os pênaltis. Após quatro acertos e dois erros, deixando o placar igual, Taboão abriu um gol de vantagem e viu a goleira Marielle defender a cobrança final, sagrando a equipe campeã. “Este título não é só importante para nós como equipe, mas para a cidade que investe e tem no futsal o carro-chefe nas modalidades de alto rendimento. São Bernardo endureceu muito o jogo, venderam caro a derrota. A gente treina muito penalidades e está no nosso DNA este tipo de decisão. O melhor de tudo foi este belo espetáculo para todos”, comentou o preparador de goleiros, Alexandre Politzer, que assumiu como treinador na final, já que a técnica Cristiane de Souza estava suspensa.

Veja também  Aniversário de Juquitiba, dança, cinema e muitas atrações neste fim de semana
Crédito: Guilherme Menezes
Das oito cidades que compõem o Conisud (Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São
O time profissional de futebol feminino da Associação Desportiva Embu das Artes conquistou o 3º
O futebol feminino da Associação Desportiva Embu das Artes retomou seus trabalhos para a temporada