ProUni abre inscrições para 147 mil bolsas de estudo no 2º semestre.
7 de junho de 2017
(Foto: )

Já estão abertas abertas as inscrições para o processo seletivo do ProUni (Programa Universidade para Todos) do segundo semestre. O período de inscrições terá uma única etapa e, iniciado nesta terça-feira (6), se encerrará às 23h59 (horário de Brasília) do dia 9 de junho.

Faça aqui sua inscrição
A inscrição, gratuita, deve ser feita exclusivamente pelo site do ProUni.

Para concorrer, é necessário que o estudante tenha feito o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2016, obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do exame e não tenha zerado a nota da redação. Além disso, o aluno deve ter estudado em escola pública ou ter sido bolsista em uma particular, obedecendo aos critérios de renda familiar da seleção.

Ao todo, serão oferecidas 147.492 bolsas para universidades particulares, sendo 67.603 integrais e 79.889 parciais. O candidato deve utilizar seu número de inscrição e senha utilizado no cadastro do Enem 2016. É possível escolher até duas opções de curso, por ordem de preferência.

A consulta pela faculdade, curso e quantidade de bolsa disponível já pode ser feita pelo site http://prounialuno.mec.gov.br/.

Confira o calendário do ProUni do segundo semestre:

ProUni 2017/2:

Resultado da 1ª chamada: 12 de junho

Comprovação de informações: 12 a 19 de junho

Resultado da 2ª chamada: 26 de junho

Comprovação de informações: 26 a 30 de junho

Prazo para manifestar interesse na lista de espera: 7 a 10 de julho

Comprovação de informações dos candidatos na lista de espera: 17 e 18 de julho

O que é o ProUni

Criado em 2004, o programa oferece bolsa de estudo integral ou parcial (50% da mensalidade custeada pelo governo federal) em instituições particulares de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. O programa ocorre duas vezes por ano e é dirigido a egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular, na condição de bolsistas integrais.

Veja também  Conheça mais sobre a jogadora Aninha, zagueira da Associação Desportiva Embu das Artes

O estudante precisa comprovar renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio para a bolsa integral e de até três salários mínimos para a parcial.

O critério de elegibilidade do programa também exige que o aluno tenha participado do Enem 2016, obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame e não tenha zerado a nota da redação.

Professores da rede pública de ensino que lecionam para educação básica, integram o quadro de pessoal permanente de instituição pública e queiram concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura podem se inscrever no ProUni sem requisitos de renda.

Crédito: Patrícia Araujo/UOL
As inscrições para o Programa Universidade para Todos, o ProUni, do segundo semestre de 2019,
O resultado do Programa Universidade para Todos (Prouni) será divulgado nesta quarta-feira (14), no site
O Ministério da Educação liberou, na tarde desta segunda-feira (29), a consulta para vagas do