Proteção Animal: Conheça a história do Carlão da Proteção e do Inpama -CG
28 de junho de 2018
(Foto: )

Quem já teve um amigo de quatro patas? Muitas pessoas têm seu primeiro contato com cães e gatos ainda na infância e suas vidas ficam marcadas pelos momentos de alegria que os amigos felinos ou caninos proporcionam durante tantos anos. Para o menino Carlos, que na ocasião viveu aos nove anos de idade a perda do seu cachorrinho, que foi levado pela carrocinha as lembranças são tristes. Anos depois, Carlão da Proteção criou o Instituto Nacional da Proteção Animal e Meio Ambiente (INPAMA – CG).

“Eu fiquei realmente revoltado foi quando eu tinha meus 9 anos de idade e a carrocinha levou o cachorro que eu tinha que me traumatizou. Então, eu fiz uma promessa para mim mesmo, no dia que eu pudesse e tivesse condições eu iria fazer algo pelos animais. Foi aí que criei o instituto em 2013 e desenvolvemos um trabalho mais intenso que avançou por cidades no estado de São Paulo”, disse Carlão da Proteção.

O INPAMA-CG fundado em março de 2013, tem como principal objetivo, melhorar a qualidade de vida dos animais. Para isso se tornar possível, o trabalho visa prestar informações, fazer com que os proprietários ou não de animais de estimação, tratem com mais dignidade quem sempre esteve disposto a nos amar independente de qualquer condição.

Ao longo de 5 anos, o Instituto já atendeu mais de 72 municípios no estado de São Paulo, onde foram vacinados mais de 78 mil animais e foram realizadas mais de 36 mil castrações dentre elas de cães e gatos. O trabalho é fornecido gratuitamente a todas as pessoas.

Contato:

Site: www.inpama.com.br
Email: contato@inpama.com.br
Telefone: (11) 4614-3475

Veja também  Após 5 anos de obras, duplicação da Régis Bittencourt na Serra do Cafezal será entregue
Crédito:
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa nesta quarta-feira (10/04) para gestantes, puérperas
A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo decidiu antecipar o início da campanha
A Secretaria de Saúde de Cotia, por meio da Vigilância Epidemiológica, está vacinando a população