Primeiro caso de Febre Amarela é registrado em Cotia
As vacinas contra a Febre Amarela estão disponíveis em todas as UBS's do município
(Foto: Reprodução)

Um homem de 41 anos morreu de Febre Amarela Silvestre no último dia 3 de fevereiro, um dia após ser consultado no Hospital das Clínicas, em São Paulo. Ele morava no bairro do Caputera, em Cotia. Segundo a prefeitura, a Secretaria de Saúde só recebeu a confirmação da causa da morte no dia 19 de fevereiro, mas a imprensa foi notificada nesta segunda-feira, dia 5.

De acordo com informações do Jornal Cotia e Cia, as medidas protocolares em relação a ação de bloqueio na área de residência do caseiro foram tomadas imediatamente após a notificação de suspeita de que o homem teria morrido por conta da doença. O trabalho de bloqueio foi realizado pelas equipes das Vigilâncias Epidemiológicas e Ambiental.

As vacinas contra a Febre Amarela estão disponíveis em todas as UBS’s do município. A vacina contra febre amarela é aplicada via subcutânea, na região do braço. O efeito protetor ocorre a partir do décimo dia depois de tê-la tomado e garante imunidade por pelo menos 10 anos. Ela age estimulando o organismo a produzir sua própria proteção contra o vírus.

Veja também  Segunda-feira (7), começa a campanha de vacinação antirrábica em Cotia
Crédito: Rodrigo Lopes
A Associação Desportiva Embu das Artes encara o Vila Nova, do Espírito Santo, nesta quarta-feira,
O Jornal Primeiro Notícias foi citado em uma reportagem da Folha de S. Paulo com
A partir desta quinta-feira, dia 8, a Secretaria de Saúde de Cotia começa a aplicar