Prefeitura atrasa pagamentos e médicos podem parar em Embu das Artes
Os profissionais CLT estão com o salário atrasado, deveriam ter recebido ontem (08), o que não aconteceu
(Foto: Divulgação)

Os funcionários da saúde de Embu das Artes podem parar o serviço na cidade por falta de pagamento ,os médicos ainda estão recebendo o salário de agosto. Segundo informações, do contrato de R$ 6 milhões, dessa forma, consta no Portal da Transparência um déficit de mais de R$ 19 milhões de reais na saúde, que como consequência a empresa não consegue manter os pagamentos principalmente dos médicos em dia.

Segundo um especialista da área da saúde entrevistado pelo Jornal Primeiro Notícias, falta na verdade gestão. “A responsabilidade não é da empresa. Qualquer empresa que entrar não terá condições de trabalhar por falta de gestão por parte da Prefeitura de Embu das Artes. O déficit pode acarretar outros problemas como paralisação do serviço”, disse.

A poucos dias, o prefeito de Embu das Artes, Ney Santos anunciou a revogação da taxa de coleta do lixo no ano de 2019, ainda na propaganda declarou corte de gastos e economia de R$ 7 milhões de reais, no entanto, a saúde segue precária e sem recursos para atendimento aos munícipes. Um funcionário que preferiu não ser identificado por medo de represália afirmou que muitas vezes o trabalho de 4 médicos é feito apenas por 2 devido o atraso.

“A gente chega no Pronto Socorro e a demora é tremenda. Cadê os médicos da nossa cidade? Muitas vezes procuro atendimento em outro município, como Taboão da Serra porque aqui não conseguimos. Falta tudo e nosso prefeito fala que a saúde está melhor”, falou um morador do Jardim Vazame.

Os relatos são de redução do serviço, porém nunca ficou paralisado diante de ações feitas pelo Instituto Edusa – Educação e Saúde, que atua desde agosto de 2017, com a administração dos principais equipamentos de saúde do município: Pronto-socorro Central e Pronto-socorro Infantil, Maternidade, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Hospital Leito.

Veja também  Confira o resultado da enquete para deputado federal na região

Os profissionais CLT estão com o salário atrasado, deveriam ter recebido ontem (08), o que não aconteceu. Alguns funcionários entraram em contato com a reportagem em sigilo reclamando que ainda não tem previsão de quando vão receber. “Todos os meses recebemos com atraso, pelo que sabemos a prefeitura não está pagando a folha de pagamento de nós CLT”, falou.

A equipe do Jornal Primeiro Notícias entrou em contato com o secretário de Saúde, José Alberto Tarifa, mas até a publicação da matéria o mesmo não retornou os contatos.

Crédito: Redação
A Prefeitura de Embu das Artes está em atraso com os agentes comunitários de Saúde
Dados registrados no primeiro semestre deste ano pelo Centro de Controle Operacional da Arteris Régis
O vereador André Maestri apresentou o Projeto de Lei 93/2018 que: "Dispõe sobre a obrigatoriedade