Prefeito e secretários de Cotia serão investigados
Ministérios Públicos Estadual e Eleitoral tomaram conhecimento das ausências
(Foto: Divulgação/ Facebook)

O Prefeito Rogério Franco (PSD) e seus secretários João dos Santos (Relações Governamentais) e Cabo Givaldo (Esportes, Cultura e Lazer) serão investigados pelos Ministérios Públicos Estadual (MSP) e Eleitoral (MPE) por terem participado, durante horário de expediente, da pré-campanha do candidato a governador pelo PSDB, João Doria, nos municípios de Piracicaba e Rio Claro, interior do estado.

O Chefe Executivo de Cotia compareceu ao lado dos servidores em eventos realizados na última terça-feira (3) nessas duas cidades. Ao tomar conhecimento do ocorrido, a promotora de Justiça/assessora eleitoral, Dra. Aline Jurca Zavaglia Vicente Alves, determinou que o caso seja investigado e tomado as providências cabíveis. A informação foi noticiada no Jornal Giro S/A.

De acordo com o especialista em direito eleitoral e administrativo, professor da Universidade Mackenzie, Dr. Alberto Rollo, Franco pode ter cometido dois crimes, sendo um eleitoral e o outro de improbidade. “Trata-se de espécie infracional de natureza civil (não criminal), que sujeita os agentes administrativos responsáveis e os candidatos por elas beneficiados às sanções de multa e cassação de registro de candidatura ou de diploma”, informou ao Giro S/A.

O Jornal Giro S/A informou que, até o fechamento da matéria, o prefeito e os secretários não retornaram sobre o assunto.

*Com informações do jornal Giro S/A e Folha de Cotia

Veja também  Cotia está confirmada no Plantio Global 2018
Crédito: Redação
Ladrões invadiram, na tarde de quarta-feira (27), a casa do prefeito de Juquitiba, na Grande
O prefeito Ayres Scorsatto (PR) teve sua residência invadida por criminosos na tarde desta quarta-feira,
Na noite desta terça-feira (5), João Dória que é pré-candidato do PSDB ao governo do