PF cumpre mandadosem Cotia com suspeita de fraudes nos Correios
Ações da Operação "Postal Off" ocorrem em cidades de SP, MG e RJ; investigação começou em SC
9 de setembro de 2019
(Foto: Reprodução/ TV Globo)

A Polícia Federal deflagrou, na sexta-feira (6), em Cotia e em outras cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, a Operação “Postal Off”com o objetivo de desarticular um esquema de fraudes no envio de mercadorias pelos Correios.

No total foram expedidos pela 7ª Vara Federal de Florianópolis 12 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão. O empresário e advogado Indio da Costa, ex-deputado federal, ex-vereador e ex-secretário do Rio, foi preso na operação. Segundo a PF, esquema de fraude tinha preço de até R$ 250 mil por mês para cargos altos.

Participam da operação cerca de 110 policiais federais para o cumprimento de nove mandados de prisão preventiva e 19 mandados de busca e apreensão na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Até as 14h, não havia balanço das ações.

Dois mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão são cumpridos São Paulo nas cidades de Tamboré, Cotia, Bauru e São Caetano. Além de um mandado de prisão temporária e um mandado de busca em Belo Horizonte (MG).

Segundo a PF, a investigação começou em Santa Catarina, em novembro de 2018, após indícios da atuação criminosa de grupos localizados em São Paulo e no Rio de Janeiro, que contavam com a participação de funcionários dos Correios para distribuir cargas postais sem cobrança ou com faturamento inferior ao devido.

Entre os suspeitos investigados no esquema, que resultou no prejuízo de ao menos R$13 milhões à empresa, pela polícia estão funcionários dos Correios, empresários e agentes políticos.

A pedido da PF, os investigados tiveram bens bloqueados pela Justiça. Eles poderão responder, na medida de suas participações, pelos crimes de corrupção passiva e ativa, estelionato, crimes tributários, lavagem de dinheiro, concussão e formação de organização criminosa.

Veja também  Artista plástico esfaqueia mulher em tentativa de feminicídio em Embu das Artes
Crédito: G1
Policiais civis de São Lourenço da Serra (Demacro) esclareceram um crime brutal, ocorrido no bairro
Um homem de 42 anos foi morto com nove tiros na noite do domingo, dia
Um homem de 23 anos foi preso nesta terça-feira (10) por roubo de relógios de