Pessoas são resgatadas de clínica clandestina na divisa de Itapevi com Cotia
As pessoas estavam abandonadas e foram retiradas com sinais de maus tratos
(Foto: WebDiário)

A Polícia Militar resgatou nove pessoas, incluindo dois idosos e sete usuários de drogas, de uma casa de recuperação clandestina localizada na Estrada Elias Alves da Costa, no bairro Quatro Encruzilhadas, divisa de Itapevi com Cotia. O flagrante aconteceu na noite de segunda-feira (30).

Segundo informações, no local não havia alvará de funcionamento. As pessoas estavam abandonadas e foram retiradas com sinais de maus tratos. Uma das vítimas estava tão debilitada que precisou ser socorrida pelo Samu. Há suspeitas de que o abrigo clandestino funcionava há cerca de um mês.

Segundo apurou o WebDiário, as pessoas eram mantidas no local sem comida e água potável e também isoladas dos familiares. A polícia teria recebido a denúncia de um idoso, que conseguiu fugir do local e armou o flagrante. Mas, chegando lá, não havia nenhum responsável ou funcionário.

Já na manhã de terça-feira (31), agentes do Setor de Fiscalização de Posturas e da Vigilância Sanitária do município, com o apoio da Guarda Civil, efetuaram o lacre do estabelecimento por funcionamento sem alvará e também recolheram medicamentos vencidos, que possivelmente eram dados aos pacientes.

A polícia agora procura pelos responsáveis pela casa de recuperação. A prefeitura de Itapevi oferece assistência social às vítimas. Quatro delas já tiveram as famílias localizadas.

Veja também  Embu das Artes: Operação Cidade Mais Limpa retira mais de 12 caminhões de entulho
Crédito: Rodrigo Lopes
A Guarda Civil Ambiental de Cotia recebeu uma denúncia de maus tratos contra aves mantidas
Foi inaugurado nesta terça-feira (3) o sistema São Lourenço de abastecimento de água, que pretende
O índice de desemprego no Brasil atingiu 12,2% no trimestre encerrado em janeiro de 2018.