Paixão de Cristo de Taboão da Serra emociona 5 mil pessoas no Parque das Hortênsias
62ª Paixão de Cristo de Taboão da Serra
(Foto: Imagem de Thiago Walter/ Divulgação: Ricardo Da Hora )

A tradicional encenação da Paixão de Cristo de Taboão da Serra, realizada na noite da sexta-feira Santa, dia 30, no estacionamento do Parque das Hortênsias, surpreendeu e emocionou o público presente que esperava por inovação nesta 62ª edição do evento. De acordo com a organização, cerca de 5 mil pessoas acompanharam debaixo de chuva a trajetória de vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Em novo formato, texto modernizado e iluminação renovada, o elenco de 2018 contou com 53 atores profissionais e 150 voluntários que se dividiram na produção comandada pelo diretor-geral do evento, Ricardo da Hora. Já a direção de elenco ficou por conta de Valter Costa, com supervisão artística de Zhé Maria.

Quem acompanhou a peça de perto pode presenciar um verdadeiro espetáculo, com luzes e efeitos especiais, além da boa qualidade de som. O elenco renovado de atores apresentou uma melhor desenvoltura diante do público.

Imagem de Thiago Walter/ Divulgação: Ricardo Da Hora

A vida de Jesus Cristo, que foi interpretado pelo ator Orias Elias, foi retratada com marcos importantes, destacando os milagres feitos, a última ceia e o julgamento perante a Pilatos, até chegar nas cenas de cortejo e flagelação, por fim, a crucificação, levando o público às lágrimas. O espetáculo terminou com a ressurreição de Jesus no meio do palco, seguida de uma grande queima de fogos.

Imagem de Thiago Walter/ Divulgação: Ricardo Da Hora

Após a mudança implantada nos últimos anos da retirada das cenas do calvário e ressurreição de Jesus que aconteciam no Morro do Cristo, o espetáculo deste ano foi bem ágil e objetivo, com duração de aproximadamente uma hora e quarenta minutos. Todos os atos do espetáculo, como início da vida pública de Jesus, crucificação, morte e ressurreição de Cristo foram interpretados no mesmo palco.

Veja também  AD Embu das Artes enfrenta a Francana pelo Paulista Feminino neste sábado (2)

Para o diretor-geral do evento e diretor de Cultura de Taboão da Serra, Ricardo da Hora “os desafios estão presentes todos os anos. Procuramos mudar o elenco, a produção e todo o espetáculo para não ficar repetitivo. Os resultados foram bons, o público se emocionou bastante. Vamos aguardar 2019, que será um novo espetáculo e a gente sempre muda. A aceitação do público foi muito boa e graças a Deus foi um sucesso novamente”, destacou o diretor de Cultura, Ricardo Da Hora.

Imagem de Thiago Walter/ Divulgação: Ricardo Da Hora

Diversas autoridades taboanenses estiveram presentes no evento, como o prefeito Fernando Fernandes, o vice-prefeito Laércio Lopes, a presidente da Câmara Joice Silva e os vereadores Eduardo Nóbrega, Érica Franquini, Alex Bodinho, Rita de Cássia, Cido da Yafarma e Johnatan Noventa. O Monsenhor Agnaldo, do Santuário Santa Terezinha, também prestigiou a Paixão de Cristo que é referência na região do Conisud desde 1956.

O prefeito Fernando Fernandes parabenizou a organização. “Não poderia deixar de prestigiar este grande evento. É uma forte tradição essa realização da Paixão de Cristo aqui em Taboão da Serra, onde neste ano, mesmo debaixo de chuva foi capaz de atrair não só a minha presença, mas de todos as pessoas que estiveram aqui presentes. Parabéns a todos que trabalharam durante meses para apresentar mais uma vez o melhor espetáculo da região”.

Imagem de Thiago Walter/ Divulgação: Ricardo Da Hora

A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar não registraram ocorrências no local. Para a PM, cerca de 5 mil pessoas estiveram presentes no estacionamento do Parque das Hortênsias.

Imagem de Thiago Walter/ Divulgação: Ricardo Da Hora

Crédito: Rodrigo Lopes
Milhares de fiéis e pessoas amantes do teatro terão a oportunidade de acompanhar a trajetória
Com danças e referências de culturas populares de matrizes afro-diaspóricas, Gbé ou Quando o Corpo
EMBU DAS ARTES Teatro “Intenda como qui....Zé!?!? " A peça teatral "Intenda como qui...Zé!?" será