Justiça Eleitoral retoma serviços ao eleitor a partir da próxima segunda-feira (5)
O eleitor com o título cancelado poderá regularizar a sua situação
(Foto: Divulgação)

A Justiça Eleitoral reabre o cadastro na próxima segunda-feira (5) para a realização de todos os serviços eleitorais, como emissão do primeiro título, transferência, revisão de dados e regularização da situação eleitoral.

O eleitor que teve o seu título cancelado por não ter participado do último ciclo da biometria obrigatória, realizada em 85 cidades, como Guarulhos e Sorocaba, pode agora regularizar a sua situação. Vale lembrar que as pessoas, ao solicitarem quaisquer das operações eleitorais, estão sujeitas ao pagamento de multa em caso de ausência a cada turno das eleições 2018 ou de pleitos anteriores.

O que levar

O jovem que for tirar o primeiro título deve levar documento oficial que contenha a sua nacionalidade (RG original, carteira de trabalho, certidão de nascimento, etc). Já para quem for realizar as demais operações, é necessário apresentar qualquer documento oficial, comprovante de residência em nome do eleitor com no máximo três meses e título de eleitor, caso tenha.

Onde ir

O eleitor deve ir ao seu cartório eleitoral ou a um dos postos do Poupatempo com serviços da Justiça Eleitoral. Nos dois locais, é necessário agendar o atendimento.

Fechamento do cadastro eleitoral

O cadastro nacional de eleitores foi fechado em 5 de maio de 2018 para que a Justiça Eleitoral pudesse preparar as urnas eletrônicas e os materiais para as eleições gerais.

Veja também  Quem deve ser a próxima atração do Embu Summer Fest? Participe da enquete
Crédito: TRE
Técnicos do Núcleo de Inteligência da Justiça Eleitoral, que reúne diversos órgãos de fiscalização, identificaram
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) confirmou nesta segunda-feira, 29, em entrevistas na televisão, que
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou texto alertando eleitores para vídeo em que se alega