Impasse político arrasta votação do orçamento 2019 por mais de 15 dias na Câmara de Taboão
Até o momento já foram aprovadas 8 das 11 emendas propostas pelos 7 vereadores do BIH e também oposição
31 de dezembro de 2018
(Foto: Divulgação)

Após longos dias de trabalhos, a votação da peça que trata do orçamento do exercício de 2019 virou caso de polícia na noite deste domingo, dia 30, em Taboão da Serra. Já na Câmara Municipal, 7 vereadores passaram a noite aguardando a reabertura da sessão, que ocorreu apenas na manhã desta segunda-feira, dia 31 – último dia do ano, as vésperas do ano novo.

A 2º sessão extraordinária seguia já beirando as 21h, quando em divergência entre os vereadores intituladores pelo BIH, o vereador de oposição Moreira que pediam destaque no orçamento, e ao entender da presidente da Casa, Joice Silva não caberia naquele momento de discussão. Alegando falta de respeito e obstrução dos trabalhos decidiu suspender a sessão para as 10h da segunda-feira, dia 30.

No entanto, os vereadores reagiram e utilizando dos seus poderes como vice-presidente, o vereador André da Sorriso reabriu os trabalhos alegando que com 7 vereadores em plenário possuem quórum para abertura da sessão e também deliberação, ou seja, é a quantidade prevista em regimento interno para votação.

Com esse impasse, a presidente ordenou que os funcionários se retirassem do local, assim como automaticamente os serviços de internet e som fosse suspenso, e chegou a determinar que as luzes fossem apagadas. Um munícipe que é deficiente utilizava o banheiro no momento que uma funcionária desligou o quadro de luz, e ele acabou molhando sua roupa.

Enquanto os vereadores tentavam dar continuidade na sessão alegando que a presidente tinha tomado uma atitude ditadora e descumprindo a ordem judicial que determina término da votação orçamentária neste dia 31 de dezembro. A vereadora juntamente com os demais da base governista se dirigiu até o 2º DP de Taboão da Serra, registrando boletim de ocorrência relatando os ocorridos na durante a sessão.

Veja também  Corpo é encontrado amarrado em rua deserta

A sessão teve continuidade a partir das 10h desta segunda-feira, e até o momento já foram aprovadas 8 das 11 emendas propostas pelos 7 vereadores do BIH e também oposição. A expectativa é que todos as emendas possam ser votadas ainda nesta tarde, para posteriormente aconteça a discussão e votação da Lei Orçamentária Anual.

Vale destacar que o projeto é discutido há mais de 15 dias com longas sessões superiores a 16 horas, em uma delas a sessão se estendeu até às 4h20 da manhã, com influência da Justiça que expediu diversas decisões judiciais, como garantir aos vereadores o direito de apresentar as emendas mas destacando que o mesmo deveria ser votado até o dia 31. Também pelo regimento interno que garante o direito de cada vereador discuta o projeto por 60 minutos.

Sendo a única Câmara da região que ainda não terminou a votação da LOA, além da cobertura regional, o caso chamou atenção da TV Globo, que dedicou reportagem para o impasse na política taboanense – confira aqui.
Você pode acompanhar a sessão pelo Youtube neste link oficial da Câmara de Taboão da Serra – clique aqui.

Crédito: Adriana Monteiro
Um jovem de 20 anos foi assassinado na madrugada desta segunda-feira, dia 4, no Jardim
Na terça-feira, 26/02, o presidente da Casa de Leis, vereador Marcos Paulo, o vice presidente
Foi aberta desde quinta-feira, 21/02, a 1ª Exposição 60 anos de emancipação de Taboão da