GCM de Taboão da Serra morre com tiro na cabeça; suspeitos são presos pela PM
Vítima de latrocínio, o GCM teve sua arma roubada pelos criminosos
(Foto: Reprodução / TV Bandeirantes )

Hugo Felipe Carvalho Ribeiro, de 32 anos, foi alvejado por criminosos e veio a óbito na tarde desta quinta-feira, dia 5, na região do M´Boi Mirim, no Jd. Vera Cruz. A vítima servia a corporação da Guarda Civil Municipal de Taboão da Serra desde 2014, onde atuava na equipe da tropa de elite da Romu (Ronda Ostensiva Municipal). O GCM morreu após ser atingido com uma bala na cabeça.
O GCM foi socorrido pelo helicóptero Águia da Polícia Militar e levado ao Hospital das Clínicas, porém, não resistiu aos ferimentos. Segundo informações, ao menos três bandidos participaram do crime.

Hugo Felipe Carvalho Ribeiro era morador do Jd. Intercap, em Taboão da Serra. A polícia acredita que Carvalho, como era conhecido pelos colegas, foi vítima de latrocínio. Sua arma foi roubada pelos criminosos.

Reprodução

Prisão dos suspeitos

A Polícia Militar prendeu dois suspeitos pela morte do GCM de Taboão da Serra na madrugada desta sexta-feira (6). Os policiais da Força Tática do 2º Pel de FT do 37º BPM realizaram buscas na região da Zona Sul de São Paulo. Um dos indivíduos capturados teria sido o autor do tiro fatal na cabeça do GCM Carvalho.

As investigações seguem no 47º DP Capão Redondo, onde o crime foi registrado.

Veja também  GCM prende homem em flagrante após tentar matar esposa a pauladas em Taboão
Crédito: Rodrigo Lopes
A Polícia Civil prendeu seis suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em roubo de cargas
A Polícia identificou, até a manhã desta segunda-feira (4), oito dos dez suspeitos de roubo
Em patrulhamento pela rua Quênia, no bairro do São Luis, em Embu das Artes, policiais