Foi brincadeira: Saiba quem são os responsáveis pelas fotos e vídeos ‘Memes do Enem’
Armação: grande parte das fotos e vídeos de pessoas atrasadas no ENEM
Marcos Tavares e Amanda Alves (Foto: Divulgação)

Nos últimos dias, diversas fotos e vídeos de pessoas atrasadas para prestar o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) viralizaram na internet. Entretanto, muitos não sabem que grande parte desses registros não passou de uma brincadeira para chamar a atenção da mídia.

Quem teve essa ideia foi um estudante de Rádio e TV e blogueiro, Marcos Tavares, que “encenou” com a participação de uma amiga, chamada Amanda Alves. A brincadeira causou um verdadeiro reboliço nas redes sociais. O caso dividiu a opinião de muitas pessoas. Algumas não gostaram da atitude de Marcos e Amanda, já outras acharam graça, aceitando a brincadeira.

“Em uma matéria na faculdade estudamos a viralização na internet, a qual surgiu a ideia de ir à frente dos portões encenar um atraso engraçado afim de gerar conteúdo próprio para a pesquisa. O que foi um sucesso. Pude alcançar mais pessoas do que consegui contar e consequentemente fiquei conhecido na internet depois de postar um vídeo engraçado falando sobre o (fake) ocorrido”, explicou Marcos Tavares.

O jovem abriu o jogo e disse que “tudo não passou de um projeto para chegar às telas de maneira rápida, tendo principal ferramenta as poses trágicas e engraçadas, ou seja, foi tudo armação”.

Marcos Tavares afirma que as brincadeiras lhe renderam coisas boas, como a possibilidade de criar um canal no YouTube e uma página: “comecei a fazer vídeos falando de outros temas, como os assuntos do cotidiano e conquistei uma galera bem bacana. Contudo, venho a público esclarecer toda a história e dizer que o humor prevalece. A Amanda irá orientar o seu público sobre o destino de sua imagem, e sobre mim, continuarei fazendo vocês rirem”, escreveu o jovem.

Veja também  PM reprova cena de novela e emite nota de repúdio contra a Rede Globo
Crédito: Rodrigo Lopes
Por determinação do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Carlos Horbach, o Facebook e o
A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (10) três ações simultâneas para investigar crimes relacionados
O Estúdio 3D é a solução ideal e eficiente para quem procura um projeto totalmente