Ex-prefeito de Embu Guaçu tem contas de 2014 reprovadas pela Câmara
(Foto: Portal O Taboanense)

Os vereadores da Câmara de Embu Guaçu acataram o parecer do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e também rejeitaram as contas do exercício de 2014, do ex prefeito Clodoaldo Leite da Silva com 11 votos a favor e 2 votos contrários. A sessão foi longa e muito polêmica, isso porque o ex prefeito compareceu na sessão e fez sua defesa com muitas alfinetadas e discursos direcionados.

No parecer 077/2017, o relator declara, “Em análise ao processo que tramitou no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TC-239/026/14) é possível verificar que aquela C. Corte concluiu pela emissão de parecer DESFAVORÁVEL à aprovação das Contas de 2014 do Executivo Municipal de Embu-Guaçu, nos seguintes termos:

“EMENTA: Município: Embu-Guaçu. Contas anuais do exercício de 2014. Existência de déficit financeiro no exercício em tela, em contrariedade com as alegações do recorrente. Reincidência da Municipalidade no DESAJUSTE entre RECEITAS e DESPESAS. ABERTURA DE CRÉDITOS ADICIONAIS ACIMA DOS LIMITES DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL.”Parecer desfavorável à aprovação das contas da Prefeitura. Votação unânime.”

A sessão foi recheada de acusações tanto do ex-prefeito Clodoaldo como do vereador Carlos Eduardo Mendes, o Duda – vereador relator do parecer emitido pela Comissão de Finanças e Orçamentos. Em seu discurso, Duda é categórico em afirmar que o ex prefeito trouxe prejuízos para a cidade de Embu Guaçu.

Em contrapartida, o ex-prefeito Clodoaldo em sua explanação afirmou que todos os ex prefeitos tiveram as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas e aprovadas na Câmara, por entenderem que não há crime ou desvio cometido. Pediu ainda a compreensão e entendimento dos vereadores. Ainda fez ataques direcionados chegando a citar o nome do vereador Duda.

Veja também  Prefeito Josué Ramos inaugura novas instalações do CRAS – Tijuco Preto e homenageia a médica Dr.ª Sumi Kageyama Hisi
Crédito:
O mandato do prefeito Ney Santos (PRB) e do vice, Dr. Peter Calderoni, foi cassado
De olho nas eleições municipais de 2020, um dos prováveis nomes do PSDB para a
O prefeito Ney Santos (PRB) comunicou o retorno às suas funções como administrador chefe do