Em nota, Prefeitura de Cotia nega ter recusado atendimento aos servidores e Sindicato
Servidores ameaçam entrar em greve
25 de julho de 2018
(Foto: CSB)

Em meio às tensões e aos rumores de greve geral do quadro de servidores municipais, a Prefeitura de Cotia emitiu uma nota oficial em resposta ao Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos do Município de Osasco e Região (Sintrasp) sobre a reunião que acabou nao acontecendo na tarde de terça-feira (24).

Confira a nota:

A Prefeitura de Cotia vem a público esclarecer que recebeu no dia 19 de julho um ofício do Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos do Município de Osasco e Região (Sintrasp) solicitando uma reunião com o prefeito para tratar de temas que constam da ação judicial movida por representantes dos funcionários públicos contra a municipalidade.

Além de da pauta a ser discutida (Dissídio Salarial; Revogação da legislação que trata do direito dos servidores; e Construção de uma pauta permanente de valorização dos servidores), o documento também indicou 8 (oito) servidores para participar da reunião, sem especificar, no entanto, os motivos para escolha de cada um dos funcionários ali nomeados.

Em resposta ao Sindicato e em atendimento à recomendação do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), a Secretaria Municipal de Governo encaminhou ofício ao presidente do Sintrasp, confirmando a reunião em 23 de julho, às 15h, mas estabelecendo que a indicação dos membros fosse composta por: presidente e tesoureiro do Sintrasp, e 8 servidores (sendo 4 efetivos indicados pelo chefe do executivo e 4 efetivos integrantes da diretoria executiva do Sindicato).

Na manhã desta segunda-feira, 23 de julho, o presidente do Sintrasp entrou em contato com o Secretário de Governo por telefone para dizer que o sindicato não concordava com o ofício da Prefeitura e, portanto, a reunião seria desmarcada.

Diante do cancelamento da agenda com os servidores, o prefeito prosseguiu com seus compromissos e participou no período da tarde de formatura dos cursos de geração de emprego e renda da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Ocorre que, às 13h45 desta segunda, o Sintrasp protocolou novo ofício contrariando o que havia sido dito de manhã e informando que o presidente do Sindicato estaria presente às 15h, juntamente com os servidores inicialmente indicados. Porém, em função do cancelamento da reunião por parte do sindicato (anunciado no período da manhã), e sem tempo hábil para remanejamento da agenda, a reunião não aconteceu.

Importante destacar que, em nenhum momento, a Prefeitura se negou a atender os servidores juntamente com o Sindicato. A reunião não ocorreu devido ao cancelamento por parte do Sintrasp, no período da manhã.

Veja também  Ginastas de Cotia conquistam medalha de Ouro no Pan-Americano de Mérida, no México
Crédito: Rodrigo Lopes
Parte dos servidores públicos de Cotia estão em greve. Nesta sexta-feira (3) a paralisação entra
Após tentativas fracassadas de diálogo com o prefeito Rogério Franco, os servidores públicos de Cotia
O prefeito de Cotia, Rogério Franco, recusou a proposta determinada pelo Tribunal de Justiça do