Doria e França disputarão eleição para governador de SP no segundo turno
Com 99,96% das urnas apuradas, Doria obteve 31,77% e França, 21,53%%. Paulo Skaf (MDB) ficou em terceiro lugar, com 21,09%
(Foto: Divulgação)

João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB) decidirão em segundo turno, no próximo dia 28, quem será o futuro governador de São Paulo. O resultado ficou matematicamente confirmado às 22h, informou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com 99,96% das urnas apuradas, o tucano obteve 6.428.890 votos (31,77%) no primeiro turno e o pesebista, 4.357.428 votos (21,53%), segundo o TSE. Paulo Skaf recebeu 4.268.420 votos (21,09%) e ficou em terceiro lugar.

Com uma diferença de 89 mil votos entre o segundo e terceiro colocados, quando a apuração estava em 98% das urnas ainda não era possível saber quem disputaria o segundo turno com Doria.

Após confirmação de que haverá segundo turno, Doria e França fizeram pronunciamentos.

Doria disse ter orgulho de ter vencido em São Bernardo do Campo e na região metropolitana, redutos petistas. “[Vou] combater o PT, o petismo e as vigarices”.

“Serei duríssimo com o adversário Márcio França. Contra a esquerda, contra genéricos do PT, serei o mesmo joao Doria que venceu o PT em São Paulo. Pois à esquerda do Márcio França será derrotada pelos mesmos brasileiros que derrotaram Lula e o PSDB”, afirmou.

O tucano também deixou claro o seu apoio a Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno à Presidência.

Doria começou seu discurso cumprimentando seu padrinho político e candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, por ter sido um guerreiro em uma campanha difícilima. Também cumprimentou os adversários.

No Twitter, França agradeceu o apoio e a “forte arancada”. “Fé em Deus. Quem conhece confia. Muito obrigado pelo grande apoio e forte arrancada. Foi uma virada emocionante e vamos com mais força para Vitória. Aqui tem palavra! São Paulo avança!”.

Segundo a apuração do TSE:

Luiz Marinho (PT) obteve 2.561.948 (12,66%)
Major Costa e Silva (DC), 747.242 (3,69%)
Rogerio Chequer, 672.916 (3,69%)
Rodrigo Tavares (PRTB), 649.415 (3,21%)
Professora Lisete (PSOL) obteve 506.990 (2,51%)
Professor Claudio Fernando (PMN) 28.657 (0,14%)
Toninho Ferreira (PSTU), 16.192

Veja também  Menina está desaparecida e familiares pedem ajuda

As candidaturas de Marcelo Candido (PDT) e Lilían MIrando (PCO) estão sob júdice e os votos não foram computados.

O atual governador, Márcio França, deu uma arrancada final e passou Paulo Skaf só nas urnas. Ao longo de toda eleição, Doria e Skaf se mantiveram praticamente empatados, ambos oscilando na casa dos 20%. Só França cresceu significativamente: de 4%, no primeiro Datafolha, a 16% na última pesquisa do instituto.

Crédito: G1
O dólar fechou em alta alta nesta segunda-feira (29), no primeiro dia de negócios após
Os candidatos a presidente da República Jair Bolsonaro, da Coligação Brasil Acima de Tudo, Deus
Os candidatos Major Olimpio (PSL) e Mara Gabrilli (PSDB) foram eleitos os dois senadores em