‘Dia D’ da campanha de vacinação contra gripe é hoje
Todas as UBS's dos municípios da região estarão abertas até às 17h deste sábado (12)
(Foto: Divulgação)

O ‘Dia D’ da campanha de vacinação contra a gripe acontece neste sábado, 12 de maio, em todo o Estado de São Paulo. Cerca de 36 mil profissionais estarão mobilizados para imunizar todos os grupos do público-alvo.

No total, serão 6,5 mil postos fixos e volantes abertos para aplicar a dose de proteção contra o vírus Influenza. Somente no interior paulista, serão cerca de 5,5 mil. Outros 580 estarão em funcionamento na Grande São Paulo e mais 530 especificamente na capital. Além disso, a ação contará com o apoio de mais de 2,3 mil veículos, entre carros, ônibus e barco.

Todas as Unidades Básica de Saúde (UBS) de Embu das Artes, Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, Embu-Guaçu, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Cotia e Vargem Grande Paulista estarão abertas, das 8 às 17h.

Devem tomar a dose: idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a 4 anos, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, além de professores das redes pública e privada.

 

Desde o início da campanha, em 23 de abril, até o momento, 3 milhões de paulistas já foram vacinados. A expectativa é vacinar até o começo de junho 10,7 milhões de cidadãos, o que corresponde à meta de 90% da população-alvo previamente definida.

Dividida em três etapas, a campanha estabeleceu grupos prioritário para receber a dose. A ideia foi imunizar trabalhadores de saúde, idosos e indígenas em uma primeira fase, enquanto crianças com idade maior que 9 meses e menor que 5 anos, gestantes, puérperas com até 45 dias após o parto entraram para um segundo grupo. A última etapa, dessa forma, teve início na última quarta-feira (09) e incluiu pacientes com doenças crônicas e professores.

Veja também  Carreta com carga de arroz capotou em Juquitiba

“O ‘Dia D’ deste sábado é uma oportunidade para que as pessoas que têm rotinas mais intensas durante a semana possam comparecer aos postos e garantir sua proteção contra a gripe. A vacinação é gratuita e está disponível para todos os grupos do público-alvo”, afirma a diretora de Imunização da Secretaria, Helena Sato.

O alerta especial é para que os pais ou responsáveis levem as crianças aos postos, pois, até o momento, apenas 280 mil crianças menores de cinco anos foram imunizadas.

Vacina

A vacina é a maneira mais eficaz de proteção contra o vírus. Segundo recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), a dose de 2018 irá prevenir a população alvo contra o Influenza dos tipos A (H1N1), A (H3N2) e B.

“A vacina não provoca gripe em quem tomar a dose, já que é composta apenas de fragmentos do vírus que causam a devida proteção, mas são incapazes de causar a doença”, explica Sato.

A produção do composto está sendo feita pelo Instituto Butantan, unidade vinculada à Secretaria de Saúde. Só neste ano, já disponibilizou 60 milhões de doses ao Ministério da Saúde para a realização da campanha em todo o Brasil.

*Com informações do Governo do Estado

Crédito: Rodrigo Lopes
Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos municípios de Embu das Artes, Taboão da
A Divisão Técnica de Imunização do Estado (CVE/CCD/SES-SP) enviou uma nota à Vigilância Epidemiológica de
A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido por mosquitos tanto