Detran.SP flagra irregularidades em autoescola de Taboão da Serra
Equipe de fiscalização constatou fraudes em aplicação de aula prática de direção veicular
(Foto: Divulgação)

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) flagrou na tarde desta quarta-feira, 11 de abril, irregularidade cometida pelo Centro de Formação de Condutores (CFC) Soberana, localizado em Taboão da Serra, região metropolitana da capital.

Durante fiscalização de rotina, a equipe do Detran.SP verificou no sistema e-CNHsp – por meio do qual o órgão faz o rastreamento das etapas do processo de habilitação – que um veículo que deveria estar sendo utilizado em aula de categoria B (carro) estava, na verdade, estacionado em frente ao estabelecimento.

Foi registrado o boletim de ocorrência na 2ª Delegacia de Polícia de Taboão da Serra por inserção de dados falsos em sistema de informações, crime previsto no artigo 313-A do Código Penal, com pena de 2 a 12 anos de reclusão. Os envolvidos, tanto os responsáveis pelo CFC como o candidato à habilitação que deveria estar em aprendizado no veículo, responderão a inquérito policial.

Além disso, a autoescola terá suas atividades suspensas preventivamente por 30 dias e responderá junto ao Detran.SP a um processo administrativo que pode resultar até em descredenciamento. Como garante a Constituição Federal, a empresa terá direito a apresentar defesa antes da conclusão do processo.

A Ouvidoria do Detran.SP pode ser acionada pelo portal www.detran.sp.gov.br ou diretamente no link a seguir http://bit.ly/1ZfLWnf. É garantido sigilo absoluto ao denunciante.

O Detran.SP realiza regular e periodicamente diligências e fiscalizações em parceiros como CFCs, médicos e psicólogos credenciados e em locais de exames práticos a fim de coibir eventuais fraudes e irregularidades no processo de habilitação.

Veja também  Caminhadas Outubro Rosa serão neste final de semana, em Cotia e Caucaia
Crédito: Detran.SP
A estrutura de uma ponte que atravessa o córrego Pirajuçara para passagem de pedestres no
Uma mulher se jogou no córrego Joaquim Cachoeira, no bairro do Parque Pinheiros, próximo ao
Um dos envolvidos na morte de um empresário durante roubou a uma padaria no Morumbi,