Detran.SP flagra irregularidades em autoescola de Embu-Guaçu
Equipe de fiscalização constatou fraudes em aplicação de aula prática de direção veicular
(Foto: Divulgação)

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) flagrou, nesta quarta-feira, 1º de agosto, irregularidades cometidas pelo Centro de Formação de Condutores (CFC) MDX, em Embu-Guaçu.

Numa ação de fiscalização no local, os agentes do Detran.SP verificaram que, apesar de estar registrada no sistema e-CNH, uma aula prática de direção veicular, na categoria B (carro), prevista para aquele horário não estava ocorrendo.

O instrutor responsável chegou ao estabelecimento em seu veículo particular trinta minutos após o início da aula registrada e alegou que o automóvel que seria utilizado estava em uma oficina. O aluno cadastrado não estava presente.

O e-CNH é um sistema eletrônico de registro de aulas que permite ao órgão fazer o rastreamento de todas as etapas de habilitação, desde as aulas teóricas até a presença dos alunos nas aulas práticas, veículos utilizados e instrutores escalados.

Foi registrado um boletim de ocorrência no Distrito Policial, em Embu-Guaçu, por inserção de dados falsos em sistema de informação (artigo 313-A). Além disso, a autoescola terá suas atividades suspensas preventivamente por 30 dias e responderá a processo administrativo no Detran.SP, que poderá resultar no seu descredenciamento. Como garante a Constituição Federal, a empresa terá direito a apresentar defesa antes da conclusão do processo.

A Ouvidoria do Detran.SP pode ser acionada pelo portal www.detran.sp.gov.br ou diretamente no link a seguir http://bit.ly/1ZfLWnf. É garantido sigilo absoluto ao denunciante.

Veja também  Embu das Artes conquista título inédito no futsal masculino vencendo Cotia
Crédito: Assessoria de Imprensa
A Prefeitura de Itapecerica da Serra, por meio da Autarquia de Saúde, respondeu à reportagem
Um vídeo que vem circulando as redes sociais se tornou alvo de várias críticas vindas
O Relatório do Tribunal de Contas do Estado encontrou irregularidades no armazenamento de remédios em