Comissão discute saúde pública com munícipes em audiência na Câmara
A Secretaria de Saúde divulgou o balanço de prestação de contas do terceiro quadrimestre de 2017
(Foto: Aline Cyrillo)

A Comissão Permanente de Saúde composta pelos vereadores Dr. Eduardo Nóbrega (presidente), Alex Bodinho (vice) e Rita de Cássia, se reuniu com os munícipes para cobrar melhorias na rede pública municipal de saúde de Taboão da Serra, em audiência pública realizada na noite desta quarta-feira, dia 28, no plenário da Câmara Municipal. A reunião de prestação de contas contou com a presença da secretária de Saúde, Drª. Raquel Zaicaner, que recebeu críticas e também elogios por parte dos vereadores e também da população. A Secretaria de Saúde divulgou o balanço de prestação de contas do terceiro quadrimestre de 2017.

Diversos questionamentos foram feitos pelos munícipes usuários da rede pública municipal de saúde, que usaram a tribuna para relatar as maiores dificuldades enfrentadas nas UBS’s, prontos-socorros, centros de especialidades médicas, clínicas e no Hospital Geral de Pirajussara. De acordo com os relatos, a insatisfação se mostra principalmente na falta de medicamentos, além da difícil disponibilidade das ambulâncias do SAMU e do atendimento prestado pelo Hospital Geral de Pirajussara. Os idosos criticaram a falta de fraldas geriátricas e cobraram por mais respeito e profissionalismo nos atendimentos.

A secretária Drª Raquel Zaicaner ressaltou que a falta de medicamentos é resultado da agenda de fim de ano das empresas responsáveis pela distribuição dos produtos. Além disso, Zaicaner assegurou que o estoque de fraldas será abastecido nos próximos dias. “Tivemos um final de ano bem complicado com nossos distribuidores em razão das férias coletivas antecipadamente. Hoje, nenhum distribuidor possui um estoque grande, mas posso afirmar que as fraldas estarão chegando e os problemas serão normalizados já nos próximos dias”, salientou a secretária.

A Secretaria de Saúde forneceu os dados da execução financeira do Plano Municipal referente ao terceiro quadrimestre de 2017, onde mostrou que 32.96% da arrecadação de receitas de impostos foram investidos na Saúde durante o período, sendo um total de gastos de R$ 142.222.658,45 milhões.

Veja também  Ronaldo Fenômeno estará em Embu das Artes neste domingo (10)

O presidente da Comissão de Saúde, vereador Dr. Eduardo Nóbrega informou que será necessário realizar uma pesquisa de opinião pública para apontar o nível de aprovação e reprovação da saúde em Taboão da Serra. “Por que tecnicamente temos a melhor saúde da região, mas que não é o maior sentimento da nossa população? Vou encaminhar a essa Câmara Municipal para que seja feita uma pesquisa de pública, aí vamos sabermos qual é a avaliação da população. Senão for possível fazer através da Câmara, eu faço essa pesquisa com o dinheiro do meu próprio bolso. É importante saber o que está acontecendo. Quero saber a aprovação em números. Não dá mais para ficar se escondendo atrás das cortinas”, salientou vereador.

A vereadora Rita de Cássia (membro) agradeceu a presença do público na audiência.”A presença de todos vocês, munícipes, foi de extrema importância. A partir do momento que um prefeito é eleito pelo município, ele sabe muito bem o que é de melhor a se fazer. Parabéns a todos pela dedicação”.

O vice- presidente da Comissão de Saúde, vereador Alex Bodinho ressaltou que “não existe outro vereador que escute mais reclamações da saúde” do que ele próprio e que “todos sabem disso.”

O vereador Eduardo Nóbrega solicitou uma audiência pública com a presença do presidente da SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), senhor Braulio de Melo Araújo.

Em votação aprovada pelos vereadores membros da Comissão de Saúde, Nóbrega convocou Braulio de Melo Araújo para prestar esclarecimentos a população no dia 28 de maio, na Câmara Municipal, “com intuito de esclarecer sobre o contrato que a prefeitura de Taboão da Sera tem com a SPDM, uma empresa que recebe do município cerca de 715 milhões de reais por ano”, explicou o vereador Dr. Eduardo Nóbrega.

Veja também  Black Friday do Embu Summer Fest dá um passaporte na compra de outro nesta sexta-feira

O vereador Dr. André Egydio elogiou o trabalho desempenhado pela equipe de enfermagem de Taboão da Serra durante a campanha de vacinação contra a febre amarela, porém, esperava uma organização melhor. Ele cobrou avanços na área de informatização. “Só senti uma falta de organização, não só por culpa de alguém, mas sim de um programa de agendamento pela internet ou telefone. Isso evitaria as enormes filas. Até quando a secretária de Taboão da Serra vai continuar com prontuário físico? Temos que informatizar com exames digitalizados. É uma economia que podemos fazer”, explanou Egydio.

Sobre os questionamentos feitos pelo vereador Egydio em relação a vacinação contra a febre amarela, a secretária Drª Raquel Zaicaner respondeu que não houve a necessidade de usar meios maiores para o atendimento a população. “Taboão da Serra não foi classificado como prioridade. Não somos área prioritária. Não foi preciso a pessoa levar o comprovante de residência nas vacinações e ainda estamos atendendo em dose padrão única”, esclareceu.

Em questão a informatização dos serviços, Zaicaner salientou que, em breve, o Ministério da Saúde estará fornecendo a todos os municípios do país um novo sistema de tecnologia digital. “Nós estamos caminhando em passos largos na questão da informatização. Empresas estão sendo contratadas pelo Ministério da Saúde para fornecer esses avanços, não só para Taboão da Serra, mas para todas as redes do Sistema Único de Saúde”.

Estiveram presente na audiência, além dos membros da Comissão de Saúde, os vereadores Dr. André Egydio, Carinhos do Leme, Cido da Yafarma, Ronaldo Onishi, Érica Franquini e a presidente Joice Silva.

Crédito: Rodrigo Lopes
Na 22º Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Embu das Artes, realizada na manhã desta
Com o fim do recesso parlamentar nesta terça-feira, dia 31 de julho, todas as câmaras
Na última terça-feira, dia 5, foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Taboão da