Caminhada em conscientização do Autismo reúne centenas de pessoas em Taboão da Serra
Munícipes caminharam da Praça do Jd. Santa Cecília até o Parque da Família, no Parque Pinheiros.
(Foto: Aline Cyrillo)

Cerca de 400 pessoas se reuniram na manhã deste domingo, dia 8 de abril, na Praça do Jd. Santa Cecília e no Parque da Família, na 2º Caminhada em Prol do Autismo de Taboão da Serra. O evento organizado pela Associação Borboleta Azul atraiu pais, familiares, amigos, educadores e autoridades. O vereador Dr. Eduardo Nóbrega (PSDB) apoiou a caminhada e também esteve presente.

Em razão do Dia Mundial de Conscientização do Autismo no dia 2 de abril, diversas pessoas afetadas e sensibilizadas pelo Autismo se uniram pela segunda vez no município para uma caminhada. O curto trajeto percorrido teve duração de aproximadamente 25 minutos. Todos partiram da Praça do Jd. Santa Cecília até o Parque da Família, no Parque Pinheiros.

Os vereadores André Egydio (PSDB), Alex Bodinho (PPS) e Érica Franquini (PSDB) marcaram presença, ao lado do secretário de Planejamento, Olívio Nóbrega. Servidores públicos das áreas da Saúde e Educação estiveram presentes.

Para o vereador Eduardo Nóbrega, a caminhada marcou o encerramento da Semana do Autismo em Taboão da Serra. “Foi uma semana dedicada a conscientização do Autismo em Taboão da Serra. Já estamos nessa luta há quatro anos, e essa luta não tem uma cara, luta que é de todos que que devem contribuir para acabar com o preconceito, e que se tenha inclusão. Nós tivemos por meio de uma lei a criação da Semana do Autismo em Taboão e aprovamos. Isso vem dando uma sensibilidade para o nosso município, que vem se tornando referência nessa questão”, ressaltou.

Eduardo Nóbrega citou o Projeto de Lei (nº 10/2018) aprovado na última sessão ordinária. Trata-se da composição do Conselho Municipal, que indica uma pessoa defensora da conscientização do Autismo no município para ser representante geral.

Veja também  Vereador Gideon Santos passa mal e é atendido no PS Central

“Ano passado prometemos que iríamos aprovar o projeto de lei colocando a cadeira dos autistas no Conselho Municipal. Através do prefeito Fernando Fernandes (PSDB) e da deputada estadual Analice Fernandes (PSDB), esse projeto de lei foi encaminhado para a Câmara Municipal. Uma vitória que já alcançamos em menos de um ano. Não basta, simplesmente, as autoridades falarem do assunto, mas esta caminhada ela tem um outro enfoque. Hoje os especialistas são os papais e as mamães que vivem dia-a-dia essa realidade. Nesse evento, todos nós se somam a essa luta do Borboleta Azul. Esse evento foi do povo, dos pais dos autistas, conscientizando a população de Taboão da Serra”, lembrou Nóbrega.

Vereadores André Egydio; Érica Franquini; Alex Bodinho e Eduardo Nóbrega discursando

O vereador comunicou um projeto que pretende implantar no município, a criação de uma Clínica Escola. Cabe ressaltar que Nóbrega pode surgir como candidato a prefeito de Taboão da Serra nas eleições de 2020. “Em 2021, aos olhos da fé, eu já enxergo a Clínica Escola em Taboão da Serra. Muitos vão desistir no meio do caminho, muitos ficarão pra trás, mas nós ‘Borboletas Azuis’ vamos voar até essa realidade. Alguns entendem que criar uma Clínica Escola é algo de outro mundo. A Clínica Escola, nada mais é do que um prédio onde as crianças com Autismo em Taboão da Serra vão poder ter mais dignidade no seu tratamento. Não é impossível ter um prédio com alguns profissionais para cuidar dos autistas de Taboão da Serra”, enfatizou o vereador Eduardo Nóbrega.

Já o vereador André Egydio (PSDB) afirmou ser totalmente a favor das causas autistas. Além disso, demonstrou apoio ao projeto de Nóbrega. “A causa não termina numa caminhada, a causa continua ano a ano. Essa Clínica Escola terá o meu apoio e tenho certeza que de todos os vereadores também. O Autismo não pode ser tratado de uma forma individualizada, como a Secretaria de Educação acha que tem que fazer”.

Veja também  O seu Papanicolau está em dia?

A vereadora Érica Franquini (PSDB) concordou com a criação de uma Clínica Escola. “Estou certa de estar no mesmo projeto que o seu (vereador Eduardo Nóbrega) em 2020. Por ser enfermeira, sei da importância desta Clinica Escola. Sei das dificuldades de uma mãe e o susto que ele tem ao saber na gravidez que sua criança será autista. Os pais quando recebem essa notícia são os primeiros a abandonarem as mulheres, mas a mulher não abandona o filho em hipótese alguma”, falou. Já para o vereador Alex Bodinho (PPS). “É motivo de muita alegria poder participar desse evento. É uma honra lutar por essa causa ao lado do vereador Eduardo Nóbrega. Rumo a vitória!”

Para Adilson que é diretor do CAPS Infantil de Taboão da Serra, Adilson . “Esse momento é de gratidão, porque estamos na luta diariamente do Autismo. Só temos uma coisa a fazer, que é agradecer a presença de cada um nessa caminhada. Muitas pessoas estão com a gente”, destacou.

O presidente do Clube Atlético Taboão da Serra, Anderson Nóbrega, é paí de uma criança portadora de Hemofilia. Ele anseia por um melhor atendimento na rede pública de saúde em geral. “Só quem vive na pele uma situação dessa sabe o que se passa. São várias madrugadas nos hospitais, mas nós precisamos ser bem atendidos. Quem trabalha no poder público tem que amar de coração, gostar de gente. Tem que atender melhor essas crianças, já que somos nós que temos que entrar no mundo delas”, salientou.

Elaine Andrade, representante do grupo Borboleta Azul, é mãe de autista. Seu filho tem 19 anos e sofre com grau severo da doença. “A cada ano que passa nós estamos aumentando a conscientização, não só na parte civíl e dos pais, mas também com as autoridades de Taboão da Serra que conhecem o autismo. Eles (governantes) são obrigados, sim, a fazer alguma coisa já que o único lugar onde podemos recorrer é o Centro de Atendimento PsicoSocial Infantil (Caps).

Veja também  Vereador Hugo Prado faz balanço do 1º semestre no Legislativo

Karina Souza Moreira, de 36 anos, moradora do Parque Laguna, também é mãe de uma criança especial, o Bruno Gabriel, de 7 anos, que além de ser autista também sofre de esquizofrenia. “Ser mãe de uma criança com Autismo é uma luta muito árdua, mas com muita recompensa e muito amor, mas ainda falta um incentivo maior por parte dos órgãos públicos e muita conscientização. Essa caminhada não serve somente para um dia, a causa que ela propõe deve servir como prioridade sempre. Como mãe do Bruno Gabriel, vejo que a conscientização deve partir com a inclusão social. As pessoas enxergam as crianças autistas como isoladas, e não é assim, porque tem vários tipos graus de autismo, o leve, moderado e o severo, além do verbal e não verbal. Precisamos de mais apoio”, declarou Karina.

Bruno Gabriel ao lado dos pais

Com a escolta das equipes do Setran e da Guarda Civil Municipal, a caminhada teve como destino o Parque da Familia. As crianças da ONG Mundo da Fantasia fizeram uma apresentação de dança. O evento contou com barracas de algodão doce, pipoca, castelo inflável (Pula-pula), piscina de bolinha, escorregadores e atividades ministradas pelas voluntárias da Associação Borboleta Azul. Segundo a organização, cerca de 400 pessoas estiveram compareceram.

Crédito: Rodrigo Lopes
Atendendo pedido dos moradores do Pq. Paraíso, o Presidente da Câmara Municipal de Itapecerica da
O vereador de Embu das Artes, Gideon Santos (PRB) passou mal durante sua fala no
O segundo suplente, Gideon Santos foi empossado vereador em Embu das Artes na manhã desta