Bobilel Castilho critica imprensa por não divulgar desvio de verba em obra de UBS durante governo Geraldo Cruz
Assunto é abordado frequentemente nas sessões
(Foto: Divulgação)

Pela terceira vez consecutiva, o vereador Bobilel Castilho (PSC) questiona os veículos da imprensa regional e formadores de opinião para saber “por qual motivo ainda não existirem publicações sobre uma notificação do Ministério Público enviada a Câmara Municipal, que aponta irregularidades na construção da UBS Jardim Nossa Senhora de Fátima”, durante o governo do atual deputado estadual Geraldo Cruz, na época prefeito de Embu das Artes.

A nota do Ministério Público foi lida pelo presidente da Câmara, vereador Hugo Prado (PSB), durante a 3ª sessão ordinária, a última realizada no período noturno, no dia 21 de fevereiro de 2018.

“Venho informar com muita tristeza que esta Casa recebeu um parecer do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo apontando as irregularidade nas obras de construção da Unidade Básica do Jardim Nossa Senhora de Fátima, na gestão do até então prefeito Geraldo Cruz. Infelizmente, mais uma obra que fica comprovada as distorções e a corrupção do governo do ex-prefeito Geraldo Cruz. Ele que agora recorreu e não obteve êxito neste processo, terá direito aos novos recursos, mas infelizmente pra nossa cidade, mais um ato comprovado de corrupção na gestão do Partido dos trabalhadores, mais especificamente no governo do ex-prefeito Geraldo Cruz. Isso nos revolta, isso nos choca, isso nos deixa consternados, porque nós acreditamos numa cidade melhor, nós acreditamos numa cidade de desenvolvimento. Às vezes vejo algumas pessoas ‘falar’ como arautos da moralidade , uma vez que esse governo nos antecedeu de forma especial no ano de 2007, hoje o deputado Geraldo Cruz mais uma vez irá responder um processo. É lamentável que anda nos tempos de hoje nós ainda temos espaço para a corrupção. Parabenizo aqui o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo por cumprir o seu papel e apontar as mazelas da nossa sociedade. Em nome de todo povo embuense, peço que todas as medidas legais cabíveis sejam tomadas para que essa irregularidade possa ser sanada e os responsáveis culpados”, comunicou o presidente Hugo Prado.

Veja também  Caminhada em conscientização do Autismo reúne centenas de pessoas em Taboão da Serra

De acordo com a nota lida e com o discurso feito pelo vereador Bobilel Castilho, “A Câmara recebeu o documento do MP com informações de um desvio de R$ 1 milhão e 500 mil na obra da UBS do Fátima, e ninguém falou nada.”

Castilho disse ainda que chegou a pesquisar pelas redes sociais algo relacionado ao assunto, mas acabou não encontrando. “Não saiu. Que democracia é essa na nossa cidade? Só sabe apontar (erros) para uma pessoa. Não estou aqui passando a mão na cabeça de Ney Santos, não, mas eu não vi uma imprensa ou alguém no Facebook falando das acusações do Ministério Público. Me aponta um jornal ou um Facebook (SIC) que foi soltado isso. Eu não soltei, porque não faço essa política barata de Facebook”, enfatizou o vereador na sessão desta quarta-feira, dia 7.

A assessoria de imprensa do deputado estadual Geraldo Cruz (PT) informou ao Primeiro Notícias que está ciente dos discursos proferidos pelo vereador Bobilel Castilho nas últimas sessões ordinárias da Câmara Municipal, mas que ainda não recebeu qualquer notificação do Ministério Público sobre o caso. “Todas as contas do deputado estadual Geraldo Cruz, quando ainda era prefeito de Embu das Artes, foram aprovadas, com louvor, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Isso é prova de que Geraldo Cruz é um exemplo a ser seguido”, esclareceu a assessoria.

* Matéria atualizada às 15h53, do dia 8 de março de 2018.

Crédito: Redação
Atendendo pedido dos moradores do Pq. Paraíso, o Presidente da Câmara Municipal de Itapecerica da
O vereador de Embu das Artes, Gideon Santos (PRB) passou mal durante sua fala no
O segundo suplente, Gideon Santos foi empossado vereador em Embu das Artes na manhã desta