Arteris Régis Bittencourt tem nova tarifa de pedágio a partir do dia 29
Tarifa básica de R$ 3,20, autorizada pela ANTT, será aplicada nas 6 praças de pedágio da rodovia
28 de dezembro de 2018
(Foto: Divulgação)

A partir de zero hora do dia 29 de dezembro, a tarifa básica de pedágio da Arteris Régis Bittencourt, que administra a BR 116 SP/PR, será de R$ 3,20. O novo valor é válido para as seis praças de pedágio da rodovia e o reajuste autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi de 3,33% e contempla a inflação do período.

De acordo com o contrato de concessão assinado em 14 de fevereiro de 2008, está previsto um reajuste anual da tarifa, sempre na data de aniversário do início da cobrança de pedágio na Régis, em 29 de dezembro. Desde o início da concessão, em 2008, a Arteris Régis Bittencourt investiu R$ 4,3 bilhões em melhorias na BR-116 SP/PR, como obras de modernização e recuperação da rodovia e serviços de atendimento aos usuários 24 horas.

O maior investimento foi na entrega das novas pistas na Serra do Cafezal, entre os municípios de Juquitiba e Miracatu, com a duplicação dos 30,5 quilômetros – a obra mais importante do contrato de concessão. A concessionária realiza também outros investimentos, como a manutenção constante do pavimento, sinalização vertical e horizontal.

As tarifas de pedágio também são responsáveis por financiar os serviços de atendimento pré-hospitalar e mecânico, assim como a estrutura de monitoramento da Régis Bittencourt. “Os recursos arrecadados por meio das tarifas de pedágio são essenciais para assegurar os investimentos na rodovia, como novas obras, aprimoramento da segurança viária e atendimento aos usuários”, afirma o diretor superintendente, Nelson Segnini Bossolan.

Abaixo, as localizações das praças de pedágio da Régis Bittencourt:

Km 299 – São Lourenço da Serra (SP)

Km 370 – Miracatu (SP)

Km 427 – Juquiá (SP)

Veja também  Arteris Régis Bittencourt promove campanha para saúde dos caminhoneiros em Registro

Km 485 – Cajati (SP)

Km 542 – Barra do Turvo (SP)

Km 57 – Campina Grande do Sul (PR)

Crédito: Assessoria de Imprensa
A tarifa do transporte público de São Paulo vai subir para R$ 4,25 em 2019,
Mesmo com a determinação do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) solicitando
O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) determinou, no último dia 11,