Alunos de Cotia vão receber capacitação para prevenir acidentes com animais peçonhentos
Quem mora em Cotia já deve ter esbarrado com alguns animais como cobras, escorpiões, lagartos e vários outros
(Foto: Divulgação)

Quem mora em Cotia, independentemente da região, já deve ter esbarrado com alguns animais como cobras, escorpiões, lagartos, aranhas, entre outros. Alguns peçonhentos, outros não, o fato é que a presença destas espécies é muito frequente e comum em todo o município. Para prevenir acidentes, a Prefeitura de Cotia, por meio das Secretarias de Saúde e de Educação, deu o ponta pé inicial a um trabalho educativo e de conscientização que acontecerá nas escolas. Na última semana, um biólogo, da Vigilância Sanitária (VISA), da Secretaria de Saúde, apresentou aos coordenadores e diretores pedagógicos o trabalho que será levado para as escolas.

“Queríamos conhecer este conteúdo do biólogo para, a partir daí, alinharmos com as escolas sobre a apresentação da palestra para os alunos. O objetivo é começar o trabalho no segundo semestre pelas regiões com mais prevalência destes animais”, explicou Rogério Bernardo da Silva, diretor do Departamento Pedagógico da Secretaria de Educação.

A apresentação ficou a cargo do biólogo e professor doutor Ricardo Cabrera. Ele levou para a sede da Secretaria de Educação animais de verdade, mortos e fixados em álcool e formol, para explicar sobre as características de cada um, onde podem ser encontrados, perigos e o que fazer em caso de acidentes com um deles. “Alguns destes animais chamam a atenção das crianças e, se elas tocarem, podem ser picadas”, disse Cabrera. “Importante saber como se comportar quando se encontra um destes animais, porque matá-lo nem sempre é a melhor coisa a ser feita”, salientou.

Ele explicou que o Hospital Regional de Cotia tem condições de prestar os primeiros-socorros, em caso de acidente com animal peçonhento. “A referência para estas ocorrências é o Instituto Butantã, mas o Hospital de Cotia conta com soro antiofídico para o primeiro atendimento”, destacou o biólogo.

Veja também  Prefeitura de Cotia concluiu reforma das instalações do Conselho Tutelar

Os exemplares de animais serão levados para as escolas e mostrados para as crianças, entre eles estão cobras jararaca e coral, escorpião amarelo e vermelho, aranha dormideira, caranguejeira, aranha marrom, lagarta de fogo, lagarta cachorrinho ou gatinho. “Todos estes são animais que podem ser encontrados em Cotia”, salientou Ricardo Cabrera. Em seu trabalho com os alunos, ele também levará informações sobre a importância de manter distância de animais silvestres para segurança do homem e, claro, dos animais.

Crédito: Redação
Um rapaz de 32 anos estava circulando de moto na região do limite entre Cotia
O Bradesco fechou na última semana a agência da Rua Senador Feijó, 67, no Centro
Entre os meses de janeiro e dezembro deste ano, o Departamento de Zoonoses, da Secretaria