Acusado de assassinar empresário desaparecido em julho é preso em Taboão da Serra
Acusado é preso pela segunda vez
(Foto: Divulgação)

Osvaldo Guardiano de Macedo Filho “Nene”, de 46 anos, foi preso pela Polícia Civil de Taboão da Serra na tarde da última sexta-feira, dia 2. Depois de sete meses de investigação, a polícia identificou o principal suspeito pela morte do empresário Fábio Mariano Martins, proprietário de uma loja de veículos no Parque Pinheiros que desapareceu em julho de 2017.

A polícia apontou que Osvaldo já tinha uma mandado de prisão em aberto expedido pela Vara Criminal de Taboão da Serra. Agora detido, o indivíduo terá que cumprir prisão preventiva até que seja julgado pela Justiça. Osvaldo Guardiano de Macedo Filho contabiliza passagens pela polícia por crimes de roubo, receptação e formação de quadrilha.

De acordo com a Polícia Civil, diversas testemunhas prestaram depoimento. As imagens capturadas por câmeras de segurança próxima ao local dão fortes indícios de que o homem preso é, de fato, o autor do assassinato, pois nelas mostram o momento em que Fábio Mariano é alvejado.

A polícia já havia prendido Osvaldo no último dia 30 de agosto, onde foi decretada prisão temporária para o suspeito. Ele não confessou o crime e foi liberado dias depois.

Osvaldo já havia sido preso em 30 de agosto, em cumprimento de prisão temporária, mas em nenhum momento confessou o assassinato do empresário.

Após ter ido a um salão de cabeleireiro, Fábio Mariano Martins desapareceu no dia 21 de julho. Casado e pai de dois filhos, ele era proprietário de uma loja de automóveis no bairro do Parque Pinheiros, em Taboão da Serra.

Veja também  PRF prende homem após roubo de caminhão na Régis Bittencourt em Itapecerica da Serra
Crédito: Rodrigo Lopes
O The Burgers, que conta com unidades em Taboão da Serra e Bauru (SP), Itapema
A deputada estadual, Analice Fernandes (PSDB) foi reeleita para o quinto mandato, na Assembleia Legislativa
O prefeito Fernando Fernandes vê diante dos seus olhos o risco de perder o controle