Acusado de assassinar empresário desaparecido em julho é preso em Taboão da Serra
Acusado é preso pela segunda vez
(Foto: Divulgação)

Osvaldo Guardiano de Macedo Filho “Nene”, de 46 anos, foi preso pela Polícia Civil de Taboão da Serra na tarde da última sexta-feira, dia 2. Depois de sete meses de investigação, a polícia identificou o principal suspeito pela morte do empresário Fábio Mariano Martins, proprietário de uma loja de veículos no Parque Pinheiros que desapareceu em julho de 2017.

A polícia apontou que Osvaldo já tinha uma mandado de prisão em aberto expedido pela Vara Criminal de Taboão da Serra. Agora detido, o indivíduo terá que cumprir prisão preventiva até que seja julgado pela Justiça. Osvaldo Guardiano de Macedo Filho contabiliza passagens pela polícia por crimes de roubo, receptação e formação de quadrilha.

De acordo com a Polícia Civil, diversas testemunhas prestaram depoimento. As imagens capturadas por câmeras de segurança próxima ao local dão fortes indícios de que o homem preso é, de fato, o autor do assassinato, pois nelas mostram o momento em que Fábio Mariano é alvejado.

A polícia já havia prendido Osvaldo no último dia 30 de agosto, onde foi decretada prisão temporária para o suspeito. Ele não confessou o crime e foi liberado dias depois.

Osvaldo já havia sido preso em 30 de agosto, em cumprimento de prisão temporária, mas em nenhum momento confessou o assassinato do empresário.

Após ter ido a um salão de cabeleireiro, Fábio Mariano Martins desapareceu no dia 21 de julho. Casado e pai de dois filhos, ele era proprietário de uma loja de automóveis no bairro do Parque Pinheiros, em Taboão da Serra.

Veja também  Clima de Natal com shows e dicas de passeio neste fim de semana
Crédito: Rodrigo Lopes
Neste próximo domingo, dia 20, às 19h, o Clube Atlético Taboão da Serra enfrenta a
O Clube Atlético Taboão da Serra (CATS) está procurando uma musa para representar o time
Policiais civis do 2º Distrito Policial de Taboão da Serra (Demacro) apreenderam, na sexta-feira (13),