Acontece em Embu das Artes curso gratuito sobre saneamento ecológico
Interessados terão a oportunidade de acompanhar todo o processo teórico e prático
(Foto: Divulgação)

Neste sábado (08/12), o bairro Caputera, localizado em Embu das Artes, município da Grande São Paulo, recebe a segunda etapa do projeto “Plantando Jardim Filtrante e Água Boa”, com o curso prático para a instalação de um nova estação de saneamento ecológico.

Idealizado e conduzido pela Sociedade Ecológica Amigos de Embu – SEAE, com recursos do programa Casa Cidades, do Fundo Socioambiental Casa, o projeto tem por objetivo disseminar informações técnicas sobre saneamento ecológico, que pode ser instalado em residências e comunidades de ambientes rurais ou mesmo urbanos. Como resultado, os resíduos do esgoto voltam para os rios sem poluentes.

Conhecido pelos nomes de jardins filtrantes, zona de raízes, ou wetlands construídos, o sistema utiliza pedra brita como meio filtrante em dois tanques-filtro, que recebem, por cima, plantas específicas, por exemplo as macrófitas, que removem o excesso de nutrientes do efluente. A instalação se torna um jardim bonito e florido, que não precisa ser regado ou adubado.

Para participar, é necessário se inscrever no site da SEAE: www.seaembu.org. Interessados em novas turmas também podem entrar em contato, pois em breve serão construídas novas unidades de saneamento, em sistema de mutirão.

SERVIÇO

O que: Curso Gratuito Saneamento Ecológico – Jardins Filtrantes

Quando: sábado, 08/12/2018, das 08h às 18h

Onde: Bairro Jardim Caputera, em Embu das Artes

Inscrição e mais informações: www.seaembu.org | 11 4781-6837

Sobre o Projeto

“Plantando Jardim Filtrante e Água Boa” nasceu com a missão de difundir técnicas de saneamento ecológico unifamiliar gratuitamente, por meio de etapas de conscientização da população; instalação de tratamento de esgoto por jardins filtrante; realização de cursos práticos para a capacitação e formação de 60 instaladores de saneamento ecológico; e publicação de cartilha com instruções para que qualquer pessoa interessada possa fazer a instalação em casa.

Veja também  Vereador Gideon Santos passa mal e é atendido no PS Central

Sobre a SEAE

Criada por moradores na metade da década de 70, a SEAE atua na preservação ambiental de Embu e região para estimular e ampliar os processos de transformação socioambiental, cultural e econômica, por meio de processos educacionais participativos e inclusivos, fomentando a atuação em políticas públicas, visando a conservação, recuperação e defesa do meio ambiente.

Crédito: SEAE
O bairro do Caputera, localizado entre os municípios Embu das Artes, Cotia e Itapecerica da
Exemplares de araucária, árvore nativa de mata atlântica ameaçada por extinção, foram suprimidos no condomínio
No próximo sábado, 21, o Espaço Hot Kids vai promover a quarta etapa dos eventos